sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Movimento Cansei da Teologia da Prosperidade

Cansei de ouvir pregadores da prosperidade dizerem que precisamos decretar a nossa vitória e visualizar a nossa benção material;
Cansei de ouvir pregadores da prosperidade gritarem para Deus reivindicando suas petições;
Cansei de ouvir pregadores da prosperidade dizendo que “salário mínimo” não é coisa de crente;
Cansei dessa teologia que defende que o crente deve morar em mansão, ter carrões, muito dinheiro e nunca ficar doente.
Cansei dessa teologia que valoriza mais as coisas terrenas do que aquelas que são do céu;
Cansei dessa teologia da barganha com Deus, onde você contribui e Ele devolve com juros, correção monetária e muito lucro;
Cansei dessa teologia de fé na fé;
Cansei dessa teologia que ama mais o dinheiro que o próximo;
Cansei dessa teologia consumista, utilitarista e que trata Deus como o Papai Noel;
Cansei dessa teologia da ganância, cujo principal objetivo é fazer com que as pessoas atinjam a independência financeira;
Cansei dessa teologia da auto-ajuda, auto-estima e auto-aceitação;
Cansei dessa teologia que argumenta que Jesus nunca foi pobre;
Cansei dessa teologia que tem criado uma geração de decepcionados nas igrejas;
Cansei dessa teologia pregada e defendida por Edir Macedo, R.R. Soares, Robson Rodovalho, Oral Roberts, T.L. Osborn, Kenneth Hagin, Kenneth Copeland, Benny Hinn, etc, etc.
Cansei da teologia da prosperidade pois a Bíblia diz: “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam“. (Mat.6.19,20)
Cansei, não da prosperidade – que é dádiva de Deus, mas da teologia que faz dela o principal foco da vida cristã, em detrimento da salvação e das bençãos espirituais.

Se você também já cansou de tudo isso, demonstre sua indignação.

Fonte: www.comoviveremos.com

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Carta Informativa - Novembro de 2011

Cascais - Portugal, 09 de novembro de 2011.

"Deus nunca disse que a jornada seria fácil, mas Ele disse que a chegada valeria a pena." (Max Lucado)

Amados irmãos e companheiros na obra missionária,

     Graça e paz da parte de nosso Senhor Jesus Cristo.

     Queremos iniciar esta carta agradecendo a todos amados irmãos por estarem em nossa retaguarda de oração e contribuição.
     No dia 30 de outubro começou o horário de inverno aqui em Portugal, onde os relógios são atrasados em uma hora. Agora a diferença para o horário do Brasil é de apenas duas horas (na frente). Os dias estão ficando cada vez menores (amanhece às 07:30 e escurece às 17:30). Além dos dias curtos, o pior é o frio, na maioria das vezes, acompanhado de chuva e vento, que deixa a sensação térmica muito mais baixa.
     Estamos auxiliando a Igreja Baptista de Cascais na área de evangelismo e missões. Agora estamos nos preparando para a Conferência Missionária no final deste mês, de 25 a 27 de novembro. Orem para que Deus continue abençoando esta amada igreja que nos recebeu com tanto carinho. Apesar de estarmos a poucos meses em Portugal, a amizade que temos com os irmãos aqui parece ser já de longa data.
     Obrigado a todos que oraram pelo Seminário de Sporshow em Calcutá, que teve a participação de quase todos nossos missionários na Índia. Foi um tempo muito abençoado. Além do momento de comunhão, os nossos missionários puderam traçar projetos e estratégias para alcançar mais pessoas com o evangelho. Uma triste notícia é que o Pr. Binaya não está mais em nossa organização Sporshow. Ele está trabalhando agora no Estado de Orissa com a World Vision India (Visão Mundial na Índia). Nosso desejo é que Deus possa abençoar o Pr. Binaya, sua família e ministério, nesta nova etapa na sua vida. Dois novos obreiros estarão tomando o seu lugar.
     Meu desejo era estar voltando à Itália no final deste mês, mas como não consegui encontrar vôos mais baratos neste período, penso que um tempo mais apropriado para visitar novamente a Itália seja no mês de fevereiro do próximo ano. Assim, já poderemos começar a tratar mais especificamente da documentação para nossa mudança para a Itália, no meado do próximo ano.
     Quero agradecer as orações de todos em favor do meu pai e pedir que continuem orando por ele. No mês passado ele iniciou a quimioterapia que, apesar da dose alta, teve efeito contrário e os tumores aumentaram ao invés de diminuir. Ele foi encaminhado para o Centro de Pesquisas do INCA (Instituto Nacional do Câncer) para fazer novos exames mais detalhados, com o objetivo de iniciar um tratamento com um novo medicamento (Ipilimumab) lançado recentemente nos EUA. Porém, estes novos exames mostraram que ele está também com um pequeno tumor no cérebro. Ele está fazendo sessões quase que diárias de radioterapia (num total de cinco) para impedir o crescimento deste tumor e poder iniciar este novo tratamento. Por favor, peço a oração de todos amados irmãos em favor do meu pai. "A oração de um justo é poderosa, e eficaz." (Tiago 5.16). Nós cremos que Deus está no controle de todas as coisas.
     A frase de Max Lucado, no início de nossa carta, me toca muito o coração. Realmente a jornada não é fácil, ainda mais sendo estrangeiro e estando num campo missionário. São muitos os desafios e lutas, que na maioria das vezes só Deus conhece. No entanto, temos muito forte em nosso coração a certeza de que vale a pena. Um texto muito conhecido de todos missionários confirma isso: “Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos” (Sl 126.6).
    Mais uma vez, queremos externar a nossa profunda e sincera gratidão a todos amados irmãos e igrejas que têm caminhado conosco na obra missionária. Jamais nos esquecemos de todos vocês.

     Com gratidão, 

Pr. Paulo Henrique, Alessandra, Matheus e Lucas
-----------------------------------------------------
Escreva para nós através dos e-mails:
ppaulo_henrique@hotmail.com | ppaulohenrique@gmail.com | alessandraccunha@hotmail.com 

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Frases para pensar (18)

"É o coração que faz um homem rico. Ele é rico ou pobre de acordo com o que ele é, não de acordo com o que ele tem." / "It is the heart that makes a man rich. He is rich or poor according to what he is, not according to what he has." (Henry Ward Beecher)

"As pessoas estão vendo mais o nosso modo de agir do que ouvindo o que dizemos." / "People are watching the way we act more than they are listening to what we say." (Max Lucado)

"O propósito da oração não é informar a Deus de nossas necessidades, mas convidá-Lo a dirigir nossas vidas." / "The purpose of prayer is not to inform God of our needs, but to invite Him to rule our lives." (Clarence Bauman)

"Na prosperidade nossos amigos nos conhecem; na adversidade nós conhecemos nossos amigos." / "In prosperity our friends know us; in adversity we know our friends." (John Collins Churton)

"Se você está à procura de uma religião que o deixe confortável, definitivamente eu não lhe aconselharia o cristianismo." / "If you want a religion to make you feel really comfortable, I certainly don’t recommend Christianity.” (C. S. Lewis)

"Um pássaro que você liberta pode ser capturado novamente, mas uma palavra que escapa dos seus lábios não voltará." (Provérbio judaico) / "A bird that you set free may be caught again, but a word that escapes your lips will not return." (Jewish Proverb)

"O homem que mobiliza a igreja cristã para orar vai fazer a maior contribuição para a evangelização do mundo na história." / "The man who mobilizes the Christian church to pray will make the greatest contribution to world evangelization in history." (Andrew Murray)

"Nosso amor a Deus é medido por nossa comunhão diária com os outros e o amor que ele mostra." / "Our love to God is measured by our everyday fellowship with others and the love it displays." (Andrew Murray)

"Se não podemos crer em Deus quando as circunstâncias parecem ser contra nós, não acreditamos nEle de qualquer modo." / "If we cannot believe God when circumstances seem be against us, we do not believe Him at all." (Charles Spurgeon)

"Viver pela fé é crer que Deus sabe o que é melhor para mim." / "Living by faith is believing that God knows what is best for me." (Jack Hyles)

"Orações públicas são de pouco valor a menos que sejam fundadas ou acompanhadas por orações em particular." / "Public prayers are of little worth unless they are founded on or followed up by private praying." (E.M. Bounds)

"Deus nunca promete remover-nos de nossas lutas. Ele promete, no entanto, mudar a forma como olhamos para eles." / "God never promises to remove us from our struggles. He does promise, however, to change the way we look at them." (Max Lucado)

"A fé é diferente da prova; este último é humano, o primeiro é um dom de Deus." / "Faith is different from proof; the latter is human, the former is a Gift from God." (Blaise Pascal)

"No dia da prosperidade temos muitos refúgios para recorrer; no dia da adversidade apenas um." / "In the day of prosperity we have many refuges to resort to; in the day of adversity only one." (Horatius Bonar)

"Construímos muros demais, mas não construímos pontes o suficiente." / "We build too many walls and not enough bridges." (Isaac Newton)

"A essência da fé é estar satisfeito com tudo o que Deus é para nós em Jesus." / "The essence of faith is being satisfied with all that God is for us in Jesus." (John Piper)

"O tempo gasto em oração vai render mais do que o dado para o trabalho." / "Time spent in prayer will yield more than that given to work." (Andrew Murray)

"Se um cristão não está tendo tribulação no mundo, há algo errado!" / "If a Christian is not having tribulation in the world, there's something wrong!" (Leonard Ravenhill)

"A vida cristã é vivida com outros e para outros." (Eugene H. Peterson) / "The Christian life is lived with others and for others." (Eugene H. Peterson)